Mundo Texto




Deixa eu ficar sozinho, por favor.

É errado usar pronome reto com alguns verbos (deixar, fazer, mandar, ouvir, sentir e ver); se, depois destes, vier um verbo no infinitivo, em frases como essa. Deve-se usar o pronome oblíquo me. Uma dica para lembrar desse deslize:

Você diz: Deixe-me ficar só. ou Não me deixe ficar só.

Pode até dizer, mesmo errado: Deixe eu ficar só. Porém, jamais você diria: Não eu deixe ficar só

O pronome me pode ficar antes ou depois do verbo deixar. A frase fica correta de ambos os modos.

Outros exemplos:

Fizeram-nos caminhar três quilômetros à toa. (Em vez de: Fizeram nós caminhar três quilômetros à toa.)
Mande-o sair. (Em vez de: Mande ele sair)
Ouvi-os planejar o assalto. (Em vez de: Ouvi eles planejar o assalto.)
Sinta-me tocar em sua testa. (Em vez de: Sinta eu tocar em sua testa.)
Dá gosto vê-los brincar alegremente. (Em vez de: Dá gosto ver eles brincar alegremente.)

Deixa-me ficar sozinho, por favor.