Mundo Texto




EM ALAGOAS, 20 DE NOVEMBRO NÃO É RESPEITADO

Redação dissertativa pronta sobre: cultura afrobrasileira, desigualdades raciais, Quilombo dos Palmares, Dia da Consciência Negra, Zumbi dos Palmares.

Num típico ato imperial, autoritário e desrespeitoso com a cultura afrobrasileira e com os movimentos sociais que arduamente lutaram para transformar o 20 de novembro numa data simbólica de reflexão e luta contra as desigualdades raciais, o governador de Alagoas decreta (Decreto 23.314) que o feriado da data em questão será transferido para 16 de novembro.

Como se não bastasse a extinção de órgãos estratégicos de políticas específicas e a falta de uma política planejada de estruturação turística e de formação no Parque Memorial Quilombo dos Palmares, o governador ainda tenta esvaziar o 20 de novembro da forma mais grosseira e antidemocrática.

É lamentável que órgãos importantes como o Tribunal de Justiça de Alagoas e o Ministério Público Estadual também sigam a mesma orientação desse desgoverno.

Mas nenhuma decisão foi tão triste e lamentável como a da reitora da Universidade Federal de Alagoas em aderir a equivocada decisão de boicotar o Dia da Consciência Negra.

A maior contradição da reitora se deve ao fato dela ser antropóloga, suposta pesquisadora das relações raciais e gestora de uma universidade que adotou as políticas de ações afirmativas.

A bem da verdade é importante dizer que Universidade Federal de Alagoas nunca respeitou o dia 20 de novembro realizando, inclusive, outros eventos por cima do dia da consciência negra sem fazer nenhuma relação ao dia que lembra a luta heroica de Zumbi dos Palmares. Além disso, a própria universidade nunca construiu uma programação alusiva a data. O que se percebe é algumas ações tímidas e isoladas. O máximo que a universidade consegue construir é apoiar insatisfatoriamente os estudantes africanos que, a duras penas, constroem a semana africana, mesmo assim sem haver relação ao 20 de novembro.

Lamentável que até aqueles que dizem entender a importância da data serem os primeiros a tentar esvaziá-la.

Estamos atentos…


Créditos: http://www.tribunauniao.com.br, Carlos Martins, com modificações nossas para fins didáticos